quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

TOMA POSSE A PRIMEIRA DIRETORIA DO MOVIMENTO PRÓ CRIAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA DO SUL






TOMA POSSE A PRIMEIRA DIRETORIA DO MOVIMENTO DE CRIAÇÃO DO ESTADO BAHIA DO SUL.

Em almoço de adesão no Palace Hotel em Itabuna, foi empossada a primeira diretoria do Movimento em Prol da Criação do Estado Bahia do Sul, sob a coordenação do Profº. Guilherme Santos.
Na oportunidade o senhor coordenador teceu, de forma sucinta, as vantagens da criação do novo Estado da Federação, franqueado a palavra para os Diretores presentes. Fez uso da palavra os diretores, Jonas Barbosa, Rodolfo Sousa, Waldyr Montenegro, Tião Barros e Allah Góes.
Após a assinatura do livro de presença é da foto oficial, foi estabelecido a realização do 1º Congresso em Prol da Criação do Estado Bahia do Sul, a ser realizado no dia 1º de março de 2018, no município de Itabuna com a presença de especialistas em cartografia, sociologia e economia que discorrerão sobre a viabilidade do novo Estado, além de autoridades e lideranças de todos os municípios da área de abrangência do projeto da criação do Estado Bahia do Sul.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

NOTA DE FALECIMENTO

Drº. Derivaldo Carvalho

+ 23/11/2017

Lamentamos profundamente
O falecimento do nosso amigo 
Deri, viúvo de Iara Matos,
genro de Drº. Olintho Matos e 
Elizabeth Matos.
O sepultamento será às 8:30 horas
do dia 24, na cidade de Itororó.
Drº. Derivaldo foi gerente da Coelba de Ibicarai por muitos anos.
Muita Paz

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

SHOW, SHOW, SHOW, PISIT MOTA


Muito bom o Show que o Empresário Romilso trouxe na noite de ontem para Ibicarai.
O jovem humorista PISIT MOTA, arrebentou com a sua bem humorada e descontraída apresentação.
O Show foi realizado na Nossa House, localizado na Rua Castro Alves, em frente ao Clube dos Comerciários de Ibicarai.
O que mais impressionou foi a linda participação dos jovens ibicaraienses que fizeram fila para fazer uma foto com esse grande artista.
O cantor Marquinhos Kora, fez a abertura do evento, tocando um lindo repertório de nossa rica Música Popular Brasileira.
Psit Mota interpretou tão bem que até eu caí na sua história da visita a sua Tia que mora na Caixa D'água.
Ao encerrar o seu Show fui logo perguntando o nome de sua Tia.
Não existia nenhuma.
Que Mico.
No final da apresentação Psit aproveitou a oportunidade para esclarecer aos presentes sobre o preconceito que ainda existe com os portadores da Síndrome de Download.










w






NOTA DE FALECIMENTO


ATENISIO LINS DE ARAÚJO

* 14/06/1951
+ 06/11/2017

Nossos mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos de
Antenisio Lins de Araújo,
filho de Antenor Lins de Araújo,
(Mestre Amor), e de 
Maria Pompéia Lins de Araújo,
Casado com Marizete Araújo, (Zete),
Pai de: Marcos, Adriano (Dedico),
Juliana e Domingos e os seguintes
Netos: Victor, Pedro Henrique,
Thielly, Thainne e Beatriz.
O corpo está sendo velado na
sua residência, na Av. Itabuna, 
em Ibicaraí.
Seu sepultamento será às 16 horas, 
no Cemitério João Batista de Assis.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

NOTA DE FALECIMENTO



Primeira Princesa Eurézia Santos, Célia Carvalho, Francisco Carvalho, (Chiquinho da A Nacional), sua esposa Walkiria Miranda Carvalho, (D. Zizi),
Rainha da Micarêta Ilda Maria de Matos, Elmo Carvalho, 
Luzinete Maria de Matos e Borges.

FRANCISCO CARVALHO
(Chiquinho da A Nacional)

* 28/08/1914
+ 30/10/2017

Lamentamos profundamente o falecimento do
Senhor Francisco Carvalho,
(Chiquinho da A Nacional,
Ocorrido no dia 30 de outubro de 2017,
em Salvador, onde já residia há alguns anos.

Senhor Chiquinho desencarnou aos 103 anos
de idade, deixando seis filhos:
Célia, Eduardo (Bujão), Elmo, Paulo, Márcia e Silvana.

Um dos maiores e mais antigo empresário
do ramo de Materiais de Construções.

Sr. Chiquinho iniciou a sua tradicional
Loja na Praça Drº. Henrique Sampaio,
onde funcionou as Casas Pernambucanas,
hoje Eletromóveis São José, passando em
seguida para a esquina da Praça
Drº. Henrique Sampaio, com a esquina
da Rua 2 de Julho, onde hoje funciona
a loja Quase Tudo de sua nora
Profª. Lícia Vieira, onde a sua 
genitora construiu o Iris Hotel.

Em seguida transferiu
A Nacional para a Rua 2 de Julho,
onde funcionou o Supermercado Smart de Carla Melo. 

Com o fechamento da tradicional Escola Ruy Barbosa,
da Profª. Natécia Kauark, Sr. Chiquinho,
adquiriu as instalações, reformou e inaugurou 
A Nacional Materiais de Construções Ltda na 
Av. Profº. Otávio Monteiro, onde funciona 
até a presente data.

Além do comércio, Sr. Chiquinho foi o maior 
empresário do ramo imobiliário de Ibicaraí, 
adquirindo mais de 200 imóveis para aluguel.

A família Montenegro Matos se congratula
com os familiares e amigos do extinto.
Muita Paz.







sexta-feira, 27 de outubro de 2017

CULTURA EM IBICARAÍ EM DECADÊNCIA

LAMENTÁVEL
APENAS 15 PESSOAS
PRESTIGIARAM O LANÇAMENTO
DO LIVRO DE POESIA DO
IBICARAIENSE JOSELITO DOS REIS


Poetas Ibicaraienses
Kalango Menezes, Joselito dos Reis e 
Hugo Vieira

Foram distribuídos convites para todos os Vereadores, Diretor Legislativo, Secretários Municipais, Diretores das Escolas Publicas e Particulares, Poetas, Jornalistas, Blogueiros, proprietários de emissoras de Radio, Radialistas e mais uma centena de "autoridades" que não compareceram no Salão Nobre Profº. Oscar de Queiroz Matos, ontem, na Câmara de Vereadores de Ibicaraí, para prestigiar o lançamento do livro 
"Gritos sem Eco", do fundador do Clube dos Poetas do Sul da Bahia, jornalista e poeta ibicaraiense Joselito dos Reis.

De quem é a culpa?

Será do poeta ibicaraiense que 
ama a sua Cidade?
Da tecnologia?
Daqueles pobres de espírito que acha 
que ler livros é coisa do passado?
Da educação precária?
Da falta de cultura?
Dos "políticos"?
Minha por ter distribuído 
os convites e ter divulgado
nas redes sociais e Rádios de Ibicaraí?

A culpa não é de ninguém.

O discurso é um mas a prática e outra.

Os que compareceram garanto
 que nao esquecerão jamais.

O jornalista e cerimonialista Paulo Lima abriu os trabalhos enaltecendo o Profº. Oscar de Queiroz Matos que dá nome ao Salão Nobre daquela Egrégia Casa de Leis e do Povo.
Em seguida convidou a vice-prefeita e Secretaria de educação Adriana Assis para compor a mesa, o jornalista, poeta e anfitrião Joselito dos Reis, Adeildo Marques, empresário, jornalista, poeta e Presidente do Clube dos Poetas do Sul da Bahia e Kalango Menezes, escritor, poeta e representante do Clube dos Poetas do Sul da Bahia, núcleo Ibicaraí Nivaldo Melo, para também
compor a mesa.
Paulo Lima agradeceu ao Presidente do Legislativo pela liberação do espaço, ao diretor legislativo, ao chefe de Gabinete, José Alberone de Sousa, a Marivone Pimentel, 
e ao Pablo, pelo apoio dado para 
a realização do evento.
Após o discurso da Secretaria de Educação Adriana Assis e demais membros da mesa, passou a palavra para Airam Morais de Assis que declamou uma bela poesia, Profª. Tuti, declamou lindamente, Kalango Menezes, Hugo Visira e Lan abrilhantaram a noite declamando poemas de suas autorias.
Após o recital foi servido o coquetel.
















Joselito dos Reis doou 10 livros para a secretária de educação para serem distribuídos nas escolas municipais.



quinta-feira, 26 de outubro de 2017

JOSELITO DOS REIS LANCA LIVRO HOJE


Joselito dos Reis 
lança seu livro em Ibicaraí
sua terra natal nos seus 
65 anos.


Com prefácio do professor Raimundo Osório do Couto Galvão e apresentação do jornalista Nilson Andrade da Silva, já não mais entre nós, o poeta e jornalista Joselito dos Reis lança o seu primeiro livro de pensamentos e poesias, intitulado Grito Sem Eco, desta vez, em sua cidade natal, Ibicaraí, após ter lançado com muito sucesso em Itabuna. Em Ibicaraí, a noite de autografo será realizada no Salão Nobre Profº. Oscar de Queiroz Matos, na Câmara de Vereadores de Ibicaraí, programado para o próximo dia 26 (quinta-feira), deste mês, às 19h, contando com o apoio do Clube do Poeta Sul da Bahia, entidade essa que o poeta fundou em 1991, em Itabuna e pelo Clube do Poeta do Sul da Bahia, núcleo Ibicaraí Nivaldo Melo, que tem como presidente de honra, Elizabeth Mattos, D. Caçula.



O livro conta ainda com as participações especiais dos jornalistas: Rosi Barreto, Waldyr Montenegro, Odilon Pinto, Paulo Lima e da professora Zélia Possidônio que também é poetisa e atriz, “O livro conta com uma reflexão e um grito existencial num mundo perdido pelo individualismo e pelo consumismo; o grito do poeta”, diz o seu colega, jornalista Kleber Torres.



Tiragem

Com uma tiragem, inicialmente, de mil exemplares, numa produção independente, o poeta que esperou 36 anos para lançar o seu primeiro livro, aconteceu  no dia 27 de Julho, no Centro de Cultura Adonias Filho, numa grande noite da poesia de Itabuna, que na data comemorava, o seu primeiro ano do “Dia da Poesia” (27 de Julho) conforme projeto do então vereador Joilson Rosa e sancionado pelo Executivo.

Joselito ainda diz que a publicação do livro só foi possível devido a sensibilidade e a colaboração direta do empresário Delson Mesquita, da Editora e Gráfica Mesquita, que ofereceu o apoio decisivo e embarcou de cabeça no projeto editorial, cuidando dos detalhes e da arte final.  

      “O livro tem o título – Grito Sem Eco, porque no passado cada pessoa no campo, ou em alguns locais da cidade, ouvia o eco do seu próprio grito, ecoando, nos vales e montanhas, o que não acontece nos dias de hoje devido a poluição que impregnou nossas ruas ou até mesmo o nosso espaço sideral infestado de gadgets e equipamentos dos mais diversos” destaca o poeta. 
      “Ao leitor, cabe adquirir o livro e descobrir muitos outros conceitos que transcendem aos limites de uma poesia lírica, romântica, social, sempre numa linguagem clara e direta, que perpassa de forma transversal o campo das metáforas, para, com certeza, sensibilizar mais ainda aqueles que buscam a essência das coisas e são sensíveis ao universo que nos cerca”, diz, ainda,o poeta que espera construir em cada leitor um amigo e um portal para a difusão e troca de ideias sem perder a dimensão maior da poesia que nos une e nos torna humanos e fraternos, visando um mundo melhor, para nossos filhos e netos.  

Veja avaliação de quem já leu  o livro, aqui especialmente, da poetisa ibicaraiense, Elizabete Mattos (D. Caçula) e do presidente da Academia Grapiúna de Letra - AGRAL, Ivann Krebs Montenegro.





Prezado Joselito,
Concordo plenamente com o jornalista Raimundo Galvão: “O seu grito só é sem eco no título do livro”.
Na grandeza dos seus sonhos se reflete um talento jovem e cheio de entusiasmo; na sua alma, arde a flama de todas as galas e riquezas, como se encontra na face límpida de um lago. A ressonância do seu grito envolveu o meu sentimento, como o aroma sagrado envolve no templo a oração. Nesse grito, encontram-se todas as luzes e todas as belezas vinculadas a um estado espiritual sobreposto, onde alcança um cântico ao infinito.
 O autor cumpriu sem vacilar o altruísmo do seu ideal, sob uma pérgola dourada que abriga seus sonhos e sua trajetória.
- Com a posse desse talismã, o meu desejo era também ser poeta, para cantar em verso de fino recorte a extensão sem limite do meu agradecimento e o arco-íris dos meus parabéns.
Deus precisa de pessoas sustentadas pelo Espírito Santo e plenamente visíveis aos prados sem fim.
Seguindo a escalada da sua canção, meu prezado poeta encontrará flores espirituais de grande fragrância e beleza.

Deixas, Joselito...
O teu amor sorrindo,
Entre as brisas desse vale incerto.
Deixas dizer-te num murmúrio infindo,
A minha musa de querer-te perto.

Ibicaraí, 09 de Setembro de 2017
Elizabeth Silva Mattos (D. CAÇULA)
_____________________________

GRITO SEM ECO


Concordo plenamente
Que as coisas belas da vida
Estão no presente
De quem lhe dê guarida

Neste livro se lê estórias
Uma de cada vez
Descrevendo glorias
De Joselito dos Reis

Quem alguma coisa escreve
O faz com muita alegria
Ainda que seja breve

Se não escrevo... peco!
Mesmo com voz bem leve,
Pois meu GRITO É SEM ECO.
  
 De Ivann Krebs Montenegro
Presidente da Academia Grapiúna de Letras-AGRAL,
Ao poeta Joselito dos Reis
27.07.2017

Por: Kleber Torres

domingo, 22 de outubro de 2017

INAUGURAÇÃO DA REVITALIZAÇÃO DA PRAÇA Drº. HENRIQUE PIMENTEL SAMPAIO

1952  - 2017
65 ANOS
DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE IBICARAÍ


INAUGURAÇÃO DA REVITALIZAÇÃO DA PRAÇA DRº HENRIQUE 
PIMENTEL SAMPAIO
22/10/2017