sexta-feira, 31 de outubro de 2014

COLÉGIO ÂNGELO MAGALHÃES REPRESENTARÁ A BAHIA EM CONCURSO NACIONAL


O aluno Felipe Pereira, 
representando os estudantes do Ângelo Magalhães, 
recebe a premiação do 
secretário da Educação da Bahia, Osvaldo Barreto.


Projeto de estudantes do Ângelo Magalhães é premiado em concurso de matemática em Salvador.

Mais uma informação sobre a participação dos estudantes do Colégio Ângelo Magalhães no concurso estadual de projetos de matemática. Saiu o resultado e o projeto 'Cacau: Fonte de Renda e de Aprendizagem' foi vencedor.

O projeto de iniciativa do professor Givanildo Carvalho concorreu com 240 outros de todo o estado e foi escolhido entre os três melhores na categoria Matemática Fundamental. 

A vitória dos alunos do Ângelo é gigantesca, porque a concorrência envolveu projetos realizados ao longo do ano letivo de 2014 de todas as escolas da rede estadual do Ensino Fundamental II, Médio e Profissionalizante.

O projeto começou quando o professor Givanildo Carvalho teve a ideia de ensinar matemática a partir da experiência de fabricar cocadas de cacau, calculando quanto se gasta com cada ingrediente e insumos. Os alunos abraçaram a ideia e foram fazendo as contas dos gastos com cacau, gás e água, por exemplo, e quanto teriam de lucro se começassem a vender as cocadas. Quem provou da cocada garante que o doce ficou muito saboroso.

A Feira de Matemática é um espaço de exposição científica e de intercâmbio cultural entre as escolas, por meio do compartilhamento de experiências dos estudantes, orientadas pelos docentes com o objetivo de estimular a criação e a estruturação da pesquisa científica na Educação Básica. A iniciativa é fruto do projeto estruturante Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do estado. 

Só a participação já era uma grande vitória. Com a premiação, os alunos do Ângelo alcançam uma marca histórica não só para o colégio como para o município.

Na foto, o aluno Felipe Pereira, representando os estudantes do Ângelo Magalhães, recebe a premiação do secretário da Educação da Bahia, Osvaldo Barreto.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

1 HORA DE CHUVA ALAGOU O CENTRO DE IBICARAÍ






















HOJE MISSA DE 7º DIA DO DR. GERALDO MARCELINO

 
DR. GERALDO MARCELINO
      Será realizada hoje, 28/10/2014, às 17:30 horas, na 
               Igreja Matriz de Senhor Deus Menino, 
                        a Missa de sétimo dia do 
                  descanso eterno de nosso amado 
  DR. GERALDO MARCELINO DOS SANTOS, (Duzinho).
,
                Para nós será uma honra contar com 
                 a sua presença e de seus familiares.
                                    Dilva e família.

Presidente da ACI destaca o papel da classe empresarial para o fortalecimento da política

Presidente da ACI, Luiz Ribeiro

Presidente da ACI destaca o papel da classe

 empresarial para o fortalecimento da política

Logo após o resultado das eleições de 2014, que encerraram neste domingo (26), com a reeleição da Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, empresários de todo o país se manifestaram em prol de um novo rumo para a política econômica brasileira. Em Itabuna, a classe é representada pela Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI, que defendeu nesta segunda-feira, 27, em Reunião Ordinária, a maior participação dos associados na defesa dos interesses públicos.

O resultado expressou o grande sentimento de mudança, manifestado pela população brasileira e de acordo com o presidente Luiz Ribeiro, a classe empresarial não pode ficar omissa a este novo cenário da democracia no Brasil. “O momento é muito importante para avaliarmos a eleição, considerada uma das mais concorridas desde 1989, e é também uma oportunidade para fomentar ações visando o desenvolvimento da sociedade em geral”, revelou.

Dentre as ações criadas pela entidade, destaca-se a Campanha Transparência Já!, que diz: “Não ao Voto Secreto na Câmara de Vereadores de Itabuna”, resultado de um clamor da sociedade itabunense, que junto às mobilizações nacionais conquistaram maior transparência nas decisões políticas de cada legislador.

Nessa perspectiva, o empresário Ronaldo Abude destacou a importância de reunir a classe empresarial para continuar debatendo as ações de fortalecimento da política. Mas para isso, ele sugeriu que a entidade possa “construir seus princípios e valores para traçar estratégias e objetivos em comum, e assim, poder cobrar dos nossos governantes projetos estruturados”, explicou.

O advogado Rafle Salume parabenizou a entidade pela iniciativa e destacou que as reuniões são importantes para inserir na sociedade a vontade para debater sobre política, de forma mais organizada. “Podemos fundamentar as reuniões na política, para que possamos conquistar a realização dos projetos para a nossa região, e assim, ser exemplo para a Bahia e para o Brasil”, avaliou.

Texto: Viviane Cabral


sábado, 25 de outubro de 2014

IstoÉ/Sensus: Aécio aparece à frente de Dilma

25/10/2014 às 20h34

IstoÉ/Sensus: Aécio aparece à frente de Dilma em intenções de voto, mas há empate técnico

Tucano tem 45,7% da preferência e petista, 42%. Margem de erro é de 2,2 pontos porcentuais
Do R7
Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) disputam o segundo turno das eleições presidenciais neste domingo (26)Montagem/R7
Pesquisa IstoÉ/Sensus divulgada neste sábado (25) indica o candidato Aécio Neves (PSDB) numericamente à frente de Dilma Rousseff (PT), mas existe um empate técnico entre os dois postulantes ao Palácio do Planalto. O tucano tem 45,7% das intenções de votos totais e a presidente soma 42%.
Considerando apenas os votos válidos, ou seja, sem brancos, nulos e indecisos, Aécio tem 52,1% do total e Dilma Rousseff totaliza 47,9%.
A pesquisa foi feita entre a última sexta-feira (24) e este sábado (25) com 2.000 eleitores de 136 cidades em 24 Estados do País. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos porcentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) como BR-01193/2014.
Rejeição
Segundo a pesquisa, a rejeição à presidente Dilma Rousseff está em 42,5%. No caso de Aécio Neves, os eleitores que dizem que não votariam nele de jeito nenhum são 35,3%. 

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

MAIOR JURISTA BRASILEIRO FALA NO PROGRAMA DO JÔ

Dr. Yves Gandra

                      MAIOR JURISTA BRASILEIRO 
                      FALA NO PROGRAMA DO JÔ



PR. SILAS MALAFAIA FAZ DURAS CRÍTICAS AO GOVERNO

PR. SILAS MALAFAIA

PR. SILAS MALAFAIA
FAZ DURAS CRÍTICAS AO GOVERNO
E DIZ QUE VOTA EM AÉCIO
PARA TER ALTERNÂNCIA DE PODER.


Padre Jose Augusto denuncia o PT e Canção Nova se acovarda!!!




Padre José Augusto denuncia o PT e 

Canção Nova se acovarda!!!


EX- MINISTRO DO SUPERMO EROS GRAU DIZ QUE O BRASIL ESTAR EM FASE TERMINAL

EX- MINISTRO DO SUPERMO EROS GRAU

                         VEJA E OUÇA O QUE DIZ O 
             EX- MINISTRO DO SUPERMO EROS GRAU
                  SOBRE O NOSSO QUERIDO BRASIL.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

TSE suspende propaganda do PT

GUERRA DOS MINUTOS

TSE suspende propaganda do PT em que Lula chama Aécio de "filhinho de papai"



Em decisão liminar, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral suspenderam propaganda eleitoral do PT na qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria atacado a honra do candidato Aécio Neves, do PSDB. Por unanimidade, o Plenário do TSE determinou a perda de 1 minuto e 50 segundos no bloco da noite desta quarta-feira (dia 22/10) na propaganda televisivaNesse tempo, a “Coligação Com a Força do Povo” deve informar que a propaganda feriu a Lei das Eleições (Lei 9.504/1997).
A reclamação do PSDB alega que a honra de Aécio Neves teria sido atacada “de forma direta, infundada e absolutamente pessoal”, quando Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o comportamento de Aécio “não é um comportamento de um candidato, de alguém que tem responsabilidade; é um comportamento de um filhinho de papai". Na peça, Lula também pergunta “onde estava Aécio quando a Dilma estava presa lutando pela democracia?”.
“Aqui há uma tendência de desconstrução de imagem”, entendeu o ministro Admar Gonzaga, relator do caso, ao aplicar como sanção a perda de tempo equivalente ao dobro do usado na propaganda questionada. Gonzaga fundamentou seu voto no artigo 55, parágrafo único, da Lei das Eleições, e não com base no artigo 53 — que proíbe cortes instantâneos ou qualquer tipo de censura prévia nos programas eleitorais gratuitos —, conforme solicitado pelos representantes. Com informações da assessoria de imprensa do Tribunal Superior Eleitoral.

Fonte: http://www.conjur.com.br/2014-out-22/tse-suspende-propaganda-pt-ofensa-honra-aecio

terça-feira, 21 de outubro de 2014

CARREATA PROL AÉCIO NEVES EM ITABUNA


VOCÊ ACREDITA EM PESQUISA? QUEM ESTA SENDO LEVIANO?


AFINAL. 

QUEM TÁ FALTANDO COM A VERDADE?









Fontes: g1.globo.com/index.html
www.diariodopoder.coBm.br

Em tempo: O apresentador do Jornal da Globo acaba de corrigir divulgação equivocada
da pesquisa eleitoral, por Região, divulgada ontem, 20/10/2014.

21/10/2014 22h22 - Atualizado em 21/10/2014 22h30
TSE corta tempo de propaganda de Dilma por crítica de Lula a Aécio
Em propaganda na TV, Lula pergunta onde estava tucano na ditadura militar.

Gilmar Mendes indagou se autor da crítica 'passou por bafômetro'.

Nathalia PassarinhoDo G1, em Brasília
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou nesta terça-feira (21) a perda de 1 minuto e 50 segundos da próxima propaganda eleitoral televisiva, no horário noturno, da candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff.
A decisão visa a punir a coligação da petista por um vídeo veiculado no horário eleitoral gratuito que traz um discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em que ele questiona onde estava o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, enquanto Dilma lutava contra a ditadura militar. O tucano, que nasceu em 1960, tinha 10 anos de idade quando a presidente foi presa, em 1970. Na mesma peça publicitária, transmitida nesta segunda (20), Lula afirma que Aécio é um “filhinho de papai”.


“Quem é essa Dilma? Essa moça foi presa aos 20 anos porque queria a democracia nesse país. Aonde estava Aécio quando a Dilma estava presa lutando pela democracia? O comportamento dele não é um comportamento de um candidato, de alguém que tem responsabilidade, é um comportamento de um filhinho de papai”, diz Lula na propaganda.



·         tira-dúvidas
Por unanimidade, os ministros do TSE entenderam que a propaganda traz “ataques de cunho pessoal” a Aécio e viola o entendimento do tribunal, fixado na semana passada, segundo o qual o horário eleitoral gratuito deve ser usado para debate de ideias e apresentação de propostas.  Além de cortar tempo da propaganda televisiva de Dilma, a Corte proibiu a transmissão da peça publicitária que usa o discurso de Lula.
“Uma coisa é o tom do discurso no comício, outra é a repetição do discurso no horário eleitoral, onde não se está mais no calor do debate, em que o público não é mais o público local, é nacional. Temos que se distinguir aquilo que se fala no calor do comício local e o que é previamente analisado, selecionado pelo marqueteiro e colocado na propaganda eleitoral. Aqui está o que queríamos evitar, o ataque pessoal. O que importa aqui é o ataque à honra, à pessoa do candidato, e eu diria neste caso em baixo nível”, disse o ministro Luís Otávio de Noronha.
saiba mais
Enquanto Noronha apresentava o voto, o ministro Gilmar Mendes fez uma ironia ao indagar se o autor dos ataques a Aécio, na propaganda eleitoral, “passou pelo teste do bafômetro”. “A pessoa que falou isso passou pelo teste do bafômetro?”, disse o ministro fora do microfone, mas alto o suficiente para ser ouvido pelo plenário do TSE e por quem assistia à sessão pela TV Justiça.
Noronha deu uma breve risada e mudou de assunto em seguida, dando seguimento ao julgamento. Ao votar pela suspensão da propaganda da coligação de Dilma, Mendes criticou os grupos armados de esquerda que atuaram durante o regime militar. “Os grupos que se organizaram em lutas armadas não eram lutadores pela democracia, defendiam o modelo cubano, russo ou chinês. É preciso que se diga”, observou. Mais cedo, na mesma sessão do TSE, o ministro afirmou, sem citar nomes, que até pessoas com “problemas reconhecidos de alcoolismo” gozam no Brasil de moral e respeitabilidade no meio político.

Fonte: g1.globo.com/index.html

NOTA DE FALICIMENTO


Geraldo Marcelino dos Santos “Duzinho”
(1º a direita, no desfile do 
Centro Educacional de Ibicaraí)

Geraldo Marcelino dos Santos “Duzinho”

*05/04/1927
+21/10/2014

GERALDO MARCELINO
“Duzinho”

Geraldo Marcelino dos Santos “Duzinho” é filho de João Marcelino e Maria Francisca dos Santos, nasceu em “Palestina”, hoje Ibicaraí, no dia 05 de abril de 1927.
            Seu pai era sapateiro e conhecido como Dudu, daí seu apelido de Duzinho.  
Aprendeu a ler tardiamente, aos 12 anos de idade, com um professor que passou um periódo de 6 meses, na fazenda em que estava sendo criado. Desde esse tempo tornou-se voraz consumidor de vários tipos de  literatura, repassando esse hábito aos filhos, através da compra de livros e enciclopédias cuidadosamente guardadas em seu escritório.
Concluiu o ginásio aos 28 anos, quando acalentou o sonho de formar-se em Direito para ser chamado de “Doutor". Formado em Direito pela UESC, antiga FESPI, trabalhou muito na profissão, servindo as pessoas carentes gratuitamente.  
Trabalhou como bancário, gerente do cinema e locutor da Rádio Jornal. Foi proprietário da rede de lojas de móveis “A Movelar”, com matriz em Ibicaraí e filiais em Itororó, Itapé e Floresta Azul.
Um dos fundadores e ativo participante do Lions Clube de Ibicaraí, membro da subseção da OAB, de Ibicaraí, exercendo vários cargos, inclusive de presidente.
Professor de Inglês do Centro Educacional de Ibicaraí, fundou o jornal “Correio de Ibicaraí”, no dia 22 de outubro de 1967, sendo o segundo jornal mais antigo do interior da Bahia, e o jornal “O Tabu” de Canavieras-BA, o mais antigo em circulação.
Casado com Dilva Marques Freitas Santos há 51 anos, deixou três filhos, Geraldo Marcelino Júnior, Cláudio Marcelino e Marisol.
Alegria e muito bom humor era a sua marca registrada.
Vá com Deus amigo.
Você se foi para o Oriente Eterno, mais a sua obra, o seu exemplo de cidadão, advogado, professor, jornalista, editor, companheiro, filho, pai, avô e amigo ficaram para sempre em nossas vidas.
Aqui na Terra ficaremos tristes.
Os seus antepassados e amigos no Céu, fazem festa para lhe receber.
O sepultamento do seu corpo será hoje às 17 horas, em Ibicaraí.





sábado, 18 de outubro de 2014

30 MOMENTOS EM QUE DILMA E O PT CENSURARAM OU DIFICULTARAM INVESTIGAÇÕES E O ACESSO A INFORMAÇÃO


Vanderlei Violin 18 DE OUTUBRO DE 2014

30 momentos em que Dilma e o PT censuraram ou dificultaram investigações e o 


acesso a informação.


O Implicante traz uma breve lista com 30 dos exemplos mais recentes para 


provar que a realidade é bem diferente do programa eleitoral.

Por Marlos Ápyus


white 15 30 momentos em que Dilma e o PT censuraram ou dificultaram 


investigações e o acesso a informação Kindle.

Dilma asma 524x338 30 momentos em que Dilma e o PT censuraram ou 


dificultaram investigações e o acesso a informação.

Na TV, a campanha petista, apostando na fraca memória do eleitor, 


vem defendendo que tanto escândalo em sua gestão junto ao governo 

federal só tem sido possível graças à liberdade dada por eles para que 

se investigasse todos os casos. Mas o Implicante traz uma breve lista 

com 30 dos exemplos mais recentes para provar que a realidade é bem 

outra. Ou seja, que a fala de Dilma em seu programa eleitoral não passa, 

na melhor das hipóteses, de devaneios de sua equipe de marketing. 

Na pior das hipóteses, de falha de caráter mesmo:

Quando Dilma voltou a defender a regulação da mídia, o que é uma 


forma mais amena de falar em censura.

Quando o governo censurou uma empresa de consultoria de mercado.


Quando o governo pediu a demissão de um analista do Satander por 


críticas ao governo.

Quando o governo censurou o IBGE por pesquisa em que mostrava 


crescimento no desemprego.

Quando o governo pressionou o SBT para que censurasse os comentários 


da jornalista Sheherazade.

Quando Tarso Genro defendeu que 80% do conteúdo de rádio e 


TV deveria sair do ar.

Quando o governo tentou impedir que a imprensa usasse o termo “Mensalão”.


Quando os os gastos secretos da presidência ultrapassaram 


17 milhões em 2012.

Quando o governo desautorizou informações sobre a meta fiscal e cortes 


do orçamento.

Quando Lula vetou a prestação de contas das centrais sindicais.

Quando o governo manteve o sigilo dos gastos com os cartões corporativos.


Quando o governo tornou sigilosos os gastos com investimentos feitos em 


Cuba e em Angola.

Quando o governo tornou sigilosos os orçamentos para a Copa e Olimpíadas.


Quando o governo tornou sigilosos os gastos de Dilma no Exterior.


Quando os gastos de “Rose” foram considerados reservados.


Quando removeram a delegada que apurava ligação de Lula com o mensalão.


Quando barraram na justiça investigação sobre contratos suspeitos da Petrobras.


Quando computadores do planalto alteraram perfis de críticos do governo 


na Wikipedia.

Quando pagaram em dólar para silenciar chatagistas que prometiam soltar 


verdades sobre o governo.

Quando o governo retirou do ar perfil humorista que, diferentemente da 


Dilma Bolada, fazia uma paródia crítica ao governo.

Quando Dilma disse achar um absurdo o TCU paralisar obras superfaturadas.


Quando manobraram tentando evitar que os mensaleiros fossem para 


presídios federais.

Quando Dilma demitiu o diretor da Caixa Econômica por apoio a seus 


opositores.

Quando Lula manobrou para que Dilma não fosse reponsabilizada pelo 


prejuízo em Pasadena.

Quando o governo censurou o IPEA que traria dados negativos sobre 


o governo.

Quando a campanha de Dilma retirou do ar vídeo que mostrava carteiro 


entregando panfletos de Dilma.

Quando Lula se nega a dar depoimento sobre o Mensalão.


Quando Dilma defendeu que não caberia à imprensa o papel de investigador.


Quando o governo alterou dados do PAC para esconder atrasos.


Quando o governo fez da CPI da Petrobras um verdadeiro teatro.